Rotary Clube fez a doação de 100 próteses mamarias

Rotary Clube fez a doação de 100 próteses mamarias

No final da última semana, o Rotary Clube Londrina – Aeroporto fez a doação de 100 próteses mamárias para a Fundação Casa das Fraldas São José, que repassou todo o material para o Hospital Santa Casa de Campo Mourão.  Dirigentes e membros do clube de serviço, liderados pelo presidente Vanderlei Pacheco, vieram a Campo Mourão para fazer a entrega.

A doação é resultado do intercâmbio estabelecido recentemente entre a Fundação Casa das Fraldas São José e o Rotary Club Londrina Aeroporto. Um grupo de membros do clube de serviço veio a Campo Mourão, no início de agosto, para conhecer o funcionamento da Casa das Fraldas. Na visita, os rotarianos londrinenses discorreram sobre os projetos de responsabilidade social desenvolvidos pelo clube. 

Entre eles, o de fabricação de próteses mamárias para atender a mulheres submetidas à cirurgia de remoção da mama para tratamento contra câncer pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

A presidente da entidade mourãoense, a advogada e docente Marta Kaiser Leitner, já vinha pesquisando há algum tempo sobre formas de produção de próteses mamárias e imediatamente agendou uma visita a Londrina para conhecer o projeto social. 

Decorridos cerca de 50 dias, o Rotary Clube Londrina – Aeroporto está implantando uma unidade de produção de fraldas, enquanto a Fundação Casa das Fraldas São José está produzindo próteses mamárias. As primeiras unidades da nova linha de produção da Casa das Fraldas serão entregues neste mês de outubro, dentro das ações que marcam o Outubro Rosa. 

Compartilhe: